Calendário 2018



Dia do Beato José Allamano próximos anos




16
Fevereiro de 2016 ( Terça-feira ) - Dia do Beato José Allamano
16
Fevereiro de 2017 ( Quinta-feira ) - Dia do Beato José Allamano
16
Fevereiro de 2018 ( Sexta-feira ) - Dia do Beato José Allamano
16
Fevereiro de 2019 ( Sábado ) - Dia do Beato José Allamano
16
Fevereiro de 2020 ( Domingo ) - Dia do Beato José Allamano

O Dia do Beato José Allamano é comemorado no dia 16 de fevereiro em comemoração ao homem que dedicou toda a sua vida ao sacerdócio e à ação social.

José Allamo nasceu em 21 de janeiro de 1851. Sua cidade natal era Castelnuovo D’Asti, na Itália. Diferente de muitas outras santidades da Igreja Católica, José Allamo nasceu em uma família extremamente católica – um dos fatos que favoreceram que a sua família pudesse exercer a sua fé com integridade e tranquilidade foi o próprio período histórico que ela se encontrava.

Nesse período, Roma já havia caído há centenas de anos, e pouco existia em relação a perseguições contra cristãos.

Desde muito cedo, José Allamo foi inclinado a seguir uma vida religiosa. E quando atingiu certa idade, ingressou por conta própria no Oratório do Seminário Diocesano de Turim. Nessa mesma instituição, ele passou a receber seus ensinamentos ao sacerdócio com apenas 22 anos de idade.

Esse período de sua vida foi marcado por conquistas a respeito da sua religiosidade. Aos 23 anos, José Allamo se formou em teologia e com apenas 25 anos de idade foi convocado para continuar no seminário que tinha ingressado anos antes. Dessa vez, José Allamo ficaria com o cargo de Diretor espiritual, graças as suas excelentes qualidades e visão cristã que lhe renderam o título como homem à frente do seu tempo.

Já quando novo José Allamo tinha um profundo entendimento do Evangelho, e desde sempre tinha dentro de si a vontade de ajudar o próximo. Uma de suas frases mais célebres foi: Fazer bem o Bem. Essa frase resume bem a maneira de pensar e a vontade que José Allamo tinha em fazer a diferença com a sua bondade.

Anos mais tarde, se tornou Reitor do Santuário Mariano da Consolatra – designação que permaneceu com ele até os dias de sua morte (cerca de quarenta e seis anos de atividade ininterrupta no santuário).

Boa parte dos esforços de José Allamo foi ao direcionamento de várias ações com caráter social, onde por muitos anos ele permaneceu atuando mesmo sem deixar levar as suas obrigações como sacerdote da igreja católica.

Em 1926, José faleceu de maneira calma e tranquila na sua residência que ficava localizada no Santuário da Consolata. O dia de sua morte foi o dia 16 de fevereiro.

Anos mais tarde, em 1990, o famoso papa João II beatificou José Allamo em função de todos os seus esforços e em função de toda a sua vida dedicada à igreja. Vale ressaltar que durante toda a sua vida, José também criou dois institutos missionários e suas duas instituições já contavam com mais de dois mil membros espalhados em vários países do mundo – um marco que até os dias de hoje é bem difícil de ser imaginado e até mesmo replicado.

José Allamo foi um homem que sempre esteve profundamente preocupado com a realidade do mundo que o cercava, e seguindo a Cristo e a igreja, ele conseguiu colocar boa parte dos seus planos que eram considerados inovadores.

Todos esses planos, foram de profunda importância para maior avanço da igreja católica e para maiores avanços da ordem social, seja onde fosse a sua localidade de atuação. 





Política Privacidade

CalendárioBr 2017 - todos os direitos reservados


X

Receba grátis semanalmente em seu e-mail um resumo com as datas mais importantes. CalendárioBr, cadastre-se!


Agora não, obrigado!