Calendário 2018



Dia do Adulto próximos anos




15
Janeiro de 2016 ( Sexta-feira ) - Dia do Adulto
15
Janeiro de 2017 ( Domingo ) - Dia do Adulto
15
Janeiro de 2018 ( Segunda-feira ) - Dia do Adulto
15
Janeiro de 2019 ( Terça-feira ) - Dia do Adulto
15
Janeiro de 2020 ( Quarta-feira ) - Dia do Adulto

Dia do Adulto

O Dia do Adulto no Brasil é comemorado no dia 15 de janeiro, em pleno verão. Se não vingou ainda como data do comércio, pelo menos serve como argumento para receber carinho dos pequenos, já que é o equivalente ao Dia das Crianças para os crescidinhos.

Quais os “requisitos” para receber os parabéns no Dia do Adulto

Uma pessoa é considerada adulta quando ela atinge a idade legal em que deixa de depender dos pais e passa a responder pelos seus atos. O adulto pode escolher quando casar, e também pode realizar diversas ações sem precisar da autorização de um responsável para isso, como tornar-se militar, conduzir um automóvel, consumir bebidas alcoólicas e mais.

A idade mínima para ser considerado um adulto é normalmente aos 18 anos, com exceção de alguns países como a Coreia do Sul (19), Japão (20) e os Estados Unidos (21). Existem ainda algumas culturas africanas que consideram que todos acima de 13 anos já são adultos. De acordo com a tradição judaíca, o menino também se torna adulto aos 13 anos, idade mínima para o Bar Mitzvah. Este é o verdadeiro Dia do Adulto para eles, quando devem demonstrar o que aprenderam sobre o Torá e as práticas judaicas. Já o Dia do Adulto para a menina judaica (ou Bat Mitzvah) acontece quando ela atinge os 12 anos de idade.

Porém, de acordo com a biologia, todos os seres que já atingiram a capacidade reprodutiva já podem ser considerados adultos, independente da sua idade.

 



Imagens para Compartilhar no Facebook

Dia do Adulto
Foto: ShutterStock



ou envie para seus amigos do Face ->


Política Privacidade

CalendárioBr 2017 - todos os direitos reservados


X

Receba grátis semanalmente em seu e-mail um resumo com as datas mais importantes. CalendárioBr, cadastre-se!


Agora não, obrigado!