Calendário 2020



Dia de São Roberto de Turlande próximos anos




17
Abril de 2018 ( Terça-feira ) - Dia de São Roberto de Turlande
17
Abril de 2019 ( Quarta-feira ) - Dia de São Roberto de Turlande
17
Abril de 2020 ( Sexta-feira ) - Dia de São Roberto de Turlande
17
Abril de 2021 ( Sábado ) - Dia de São Roberto de Turlande
17
Abril de 2022 ( Domingo ) - Dia de São Roberto de Turlande

O Dia de São Roberto de Turlande é comemorado no dia 17 de abril em homenagem áquele que nasceu na virada do primeiro milênio, no ano de 1001, em Alvérnia, na França. 

A vida de São Roberto de Turlande

Roberto de Turlande era filho de uma família nobre e rica de Alvérnia, na França. Como era costume na época, desde sua adolescência a sua educação foi confiada a monges e cônegos da Igreja Católica, fazendo com que tivesse os conhecimentos necessários para continuar a administrar os bens da família.

Roberto foi encaminhado para Brioude, onde permaneceu durante todos os anos de estudo, fazendo sua opção pela carreira eclesiástica e se tornando padre, começando uma vida que o levou a cumprir com o que considerava seu destino.

Como padre, Roberto de Turlande sempre viveu uma vida cristã exemplar. Usando seus próprios recursos, construiu um hospital, que era dedicado aos pobres e aos peregrinos. Seu trabalho não consistia apenas na administração, mas sim também na visita aos doentes, cuidando de suas mazelas e os assistindo com os sacramentos da Igreja, levando o conforto da fé cristã.

No entanto, o padre sentia o chamado à vida contemplativa, onde pudesse se dedicar mais às orações e levar sua vida voltada para Deus. Desta maneira, tomou a decisão de ingressar no mosteiro de Cluny que, em sua época, era um local repleto de monges. Seus companheiros, contudo, se opuseram ao seu pensamento, lembrando que suas atividades estavam sendo mais úteis junto aos doentes. Em razão dessa oposição, Roberto resolveu esperar mais tempo, procurando ter mais certeza sobre o que fazer de sua vida.

Uma parte do que pretendia já tinha sido feita, ou seja, havia abandonado uma posição de destaque na sociedade, deixando para trás as riquezas e os poderes temporais de sua família.

O sonho de uma vida contemplativa não o abandonava e não entendia como os companheiros faziam a oposição, depois que já havia feito aquilo que considerava necessário e que poderia ser levado pelos velhos companheiros eclesiásticos.

Procurando ainda uma resposta para o estanho chamado que sentia, Roberto de Turlande resolver partir em peregrinação a Roma. Chegando à Santa Sé, uma inspiração, que considerou divina, o levou a procurar o Mosteiro Beneditino de Montecassino, instituição fundada por São Bento. Pediu para passar um tempo entre os monges, o que lhe permitiu ter a confirmação de que sua vocação para a vida religiosa era exatamente a vida monástica.

Quando retornou a Brioude, Roberto já não apresentava nenhuma dúvida com relação à sua decisão. Em sua cidade, ele conseguiu conquistar de imediato o apoio de dois leigos, que o acompanharam em sua nova jornada.

Em 1043, os três amigos se retiraram para um local isolado, conhecido como Bosque do Livradois, e ali, na simplicidade, na pobreza, no trabalho e na oração, Roberto de Turlande fundou o mosteiro que depois foi batizado com o nome de La Chaise-Dieu, uma expressão francesa que tem o significado de “Cadeira de Deus”. Segundo a vontade de Roberto, o mosteiro deveria seguir a regra dos beneditinos.

O mosteiro teve a aprovação do Papa Leão IX no ano de 1050, determinando que, além da pobreza, da oração, da obediência, do trabalho e da castidade, os monges ainda teriam como missão de uma atividade missionária. Depois do primeiro, novos mosteiros foram fundados, sempre seguindo os ensinamentos e levando o carisma do Padre Roberto de Turlande. A ordem criada por ele ficou conhecida como a Ordem da Cadeira de Deus.

Padre Roberto de Turlande morreu como cônego, no dia 17 de abril de 1067, já tendo fama de santidade, venerado como santo ainda em vida. Apenas 3 anos após sua morte, ele foi canonizado pelo Papa Alexandre II, em decorrência da grande quantidade de graças apresentadas pelos fieis, recebidas pela sua intercessão.

Em 1351, o Papa Clemente VI ordenou o traslado de suas relíquias para o mosteiro por ele fundado, onde permanecem sob o altar principal da a Igreja Cadeira de Deus.




Outras Datas Comemorativas

20
Junho - Dia do Revendedor
14
Março - Dia de Santa Matilde
4
Junho - Dia da Piada Ruim
18
Junho - Dia do Químico
5
Maio - Dia do Campo

Política Privacidade

CalendárioBr 2019 - todos os direitos reservados


X

Receba grátis semanalmente em seu e-mail um resumo com as datas mais importantes. CalendárioBr, cadastre-se!


Agora não, obrigado!