Calendário 2019



Dia de São Pio IX próximos anos




7
Fevereiro de 2017 ( Terça-feira ) - Dia de São Pio IX
7
Fevereiro de 2018 ( Quarta-feira ) - Dia de São Pio IX
7
Fevereiro de 2019 ( Quinta-feira ) - Dia de São Pio IX
7
Fevereiro de 2020 ( Sexta-feira ) - Dia de São Pio IX
7
Fevereiro de 2021 ( Domingo ) - Dia de São Pio IX

O Dia de São Pio IX é comemorado no dia 7 de fevereiro.

Pio IX foi o nome escolhido para o papado por Giovanni Maria Mastai-Ferreti, que nasceu em Senigália, em 1792, e faleceu em Roma, em 1878. Pio IX foi papa durante 31 anos, 7 meses e 22 dias, sendo considerado o segundo mais longo pontificado da Igreja, depois de São Pedro. Pio IX foi também o primeiro papa da história a ser fotografado.

A vida de São Pio IX

Giovanni Mastai-Ferreti estudou no Colégio Piarista, em Volterra e em Roma. Sua família era da nobreza e o menino deveria seguir carreira militar. Em virtude de sua epilepsia, no entanto, seguiu a carreira eclesiástica, sendo ordenado sacerdote em 1819.

Seus primeiros anos de atividade religiosa foram no Chile, retornando à Itália em 1825. Em 1827 foi nomeado Arcebispo de Spoleto, sendo enviado para a diocese de Imola em 1833. Foi elevado a Cardeal em 1840.

Sua eleição para o papado, como sucessor de Gregório XVI, foi resultado de uma divisão entre conservadores e reformadores dentro da Igreja. Ele era tido como candidato liberal e, portanto, conseguiu a nomeação. O nome escolhido foi em homenagem a Pio VIII, antigo benfeitor.

Um papa conservador e liberal

Mesmo sendo considerado liberal, o pontificado de Pio IX passou a ser considerado como mudança para o conservadorismo, no início, já que ele começou uma campanha contra o que considerava falso liberalismo. Sua encíclica “Quanta Cura”, de 1864, condenava diversas proposições que contrariavam a visão católica de então, seguindo-se outra encíclica, “Syllabus errorum”, onde condenava ideologias como racionalismo, socialismo, a franco maçonaria, o judaísmo e outras formas de liberalismo.

Nesse período, ainda condenou os escritos de Gunther, filósofo da teologia, insistindo, em muitas ocasiões, que a Igreja deveria seguir a filosofia e a teologia de São Tomás de Aquino.

Muito devoto da Virgem Maria, Pio IX proclamou o dogma da Imaculada Conceição da Virgem Maria, em 8 de dezembro de 1854, através da encíclica “Ineffabilis Deus”. Também foi o promotor da devoção ao Sagrado Coração, estendendo a festividade a todo mundo católico, consagrando o mundo ao Sagrado Coração de Jesus.

Ainda promoveu diversas alterações nas normas litúrgicas e reformas monásticas, e conduziu à canonização e à beatificação inúmeros personagens da história da Igreja.

Pio IX também foi o responsável pela convocação do Concílio Vaticano I, em que foi declarada a infalibilidade papal como dogma de fé, e recompôs a hierarquia católica na Inglaterra, recriando a Arquidiocese de Westiminster e provocando uma grande comoção entre os ingleses, situação que quase provocou perseguição aos católicos.

Também restabeleceu a hierarquia católica na Holanda, construindo a Arquidiocese de Utrech. Esses países haviam se desligado da Igreja, sendo que a Inglaterra através da Igreja Anglicana, e a Holanda desde o início da Reforma Protestante.

Pio IX, no entanto, também agiu de forma liberal, abolindo leis que forçavam os judeus a viver em áreas específicas, impedindo que exercessem algumas profissões e obrigados a ouvir sermões quatro vezes por anos nas tentativas de conversão. Na época, apenas o Judaísmo e o Catolicismo eram religiões permitidas por lei na Itália.

Durante o papado de Pio IX, a situação política ficou agitada, principalmente na Itália, onde começaram revoltas, obrigando o papa a conceder a constituição de um parlamento. Com a declaração de guerra à Áustria pelo rei Carlos Alberto, houve um levantamento popular, que levou a cidade de Roma a ser tomada, obrigando o papa a fugir para o Reino de Nápoles.

A Itália, na maior parte do seu território, era formada por Estados Papais, subordinados ao Vaticano, e a guerra levou Victor Emanuel a se tornar o primeiro rei da Itália, derrotando os exércitos papais e promovendo a unificação da Itália, tomando todos os territórios, exceto Roma.

Em 1870, depois de tomar Roma, a Igreja permaneceu confinada ao Vaticano, contra a vontade de Pio IX.

Pio IX teve uma beatificação controversa depois de sua morte, que começou em 1907 e só terminou em 1985, quando foi considerado Venerável. Sua beatificação ocorreu em 2000, juntamente com João XXIII, através do Papa João Paulo II e sua festa é comemorada no dia de sua morte, 7 de fevereiro.





Política Privacidade

CalendárioBr 2018 - todos os direitos reservados


X

Receba grátis semanalmente em seu e-mail um resumo com as datas mais importantes. CalendárioBr, cadastre-se!


Agora não, obrigado!