Calendário 2019



Dia de São Miguel de Garicoits próximos anos




14
Maio de 2018 ( Segunda-feira ) - Dia de São Miguel de Garicoits
14
Maio de 2019 ( Terça-feira ) - Dia de São Miguel de Garicoits
14
Maio de 2020 ( Quinta-feira ) - Dia de São Miguel de Garicoits
14
Maio de 2021 ( Sexta-feira ) - Dia de São Miguel de Garicoits
14
Maio de 2022 ( Sábado ) - Dia de São Miguel de Garicoits

Dia de São Miguel de Garicoits é comemorado no dia 14 de maio.

São Miguel de Garicoits é comemorado no calendário litúrgico da Igreja Católica no dia 14 de maio. O santo viveu na França, durante a Revolução Francesa, tendo sido o fundador da Congregação dos Padres do Coração de Jesus

A vida de São Miguel de Garicoits

Miguel de Garicoits nasceu em 15 de abril de 1797, em Ibarre, cidade no sopé dos Pirineus, no país basco francês. Era o mais velho de seis irmãos, filhos de Arnaud Garicoits e de Graciana Etchevérry, casal de camponeses pobres, mas profundamente católicos, que tiveram seu casamento feito clandestinamente por um sacerdote que não havia jurado a cismática Constituição Civil do Clero na Revolução Francesa.

O pai de Miguel, durante a Revolução, chegou a esconder diversos padres em sua propriedade, com o risco da própria vida. Ele os encaminhava até a fronteia da Espanha, depois de permanecerem o tempo necessário na propriedade e, assim, Miguel teve seus primeiros anos marcados pelo amor à religião através dos padres que em sua casa ficaram, fato que influenciou muito sua vocação religiosa.

Miguel fez seus estudos elementares na escola municipal até os 13 anos, quando precisou ajudar o pai no sustento da família. Nessa idade, começou a trabalhar como pastor e, para passar o tempo, sempre levava consigo um livro, o que possibilitou o aprendizado de gramática e do catecismo, consolidando sua vocação.

Como pretendia seguir a carreira eclesiástica e o pai não pudesse manter seus estudos, sua avó conseguiu que o pároco de Saint Palais, cidade vizinha, o recebesse como criado em troca da continuidade dos estudos.

Miguel conseguiu, depois de muito estudo, luta, trabalho e oração, ser ordenado em 1823, sendo enviado como auxiliar do velho pároco de Combes. Em pouco tempo conquistou os paroquianos pelo seu devotamento. Seus sermões eram claros e simples, atraindo desde os pecadores mais empedernidos aos mais fiéis católicos e sua fama se espalhou pelo país basco da França. Muitas vezes, chegava a passar dias inteiros no confessionário.

Miguel, como pároco, dirigia pessoalmente o catecismo das crianças e cuidava de todos os fiéis que o procuravam, além de cuidar de suas obrigações litúrgicas.

Em 1825, Padre Miguel foi designado professor do seminário de Bétharram, na época muito decadente, tanto material quanto espiritualmente. Em pouco tempo, sua fé e sua perseverança levaram o seminário a uma reforma total. Depois da decisão do bispo de mudar o seminário para Bayonne, Miguel permaneceu sozinho em Bétharram.

Junto ao seminário havia um santuário do século XIV dedicado à Virgem Maria, então um centro de peregrinação muito procurado. Miguel começou seu apostolado junto aos peregrinos, trabalhando no púlpito, no confessionário e na direção espiritual, pregando sempre a devoção ao Sagrado Coração de Jesus.

Ao mesmo tempo, passou a dirigir as Filhas da Santa Cruz, ordem fundada naquele mesmo período por Joana Elisabete Bichier des Anges, depois canonizada. Santa Joana exerceu grande influência sobre Miguel, levando-o a pensar na fundação de uma congregação voltada para os padres.

A influência de Santa Joana o levou a fundar a Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus, ordem que observava a pobreza e a formação religiosa das pessoas mais simples e humildes, voltada para as missões de evangelização.

O bispo de Bayonne aprovou a ideia e, tempos depois, auxiliado pelos companheiros que a ele se uniram, Padre Miguel criou, em Bétharram uma missão perpétua para atender peregrinos e dirigir os retiros que pregavam segundo o método de Santo Ignacio de Loyola com relação aos jesuítas.

O ideal missionário de Miguel exigia cinco virtudes: caridade extrema, humildade profunda, obediência perfeita, doçura no trato com os pecadores e dedicação total.

Miguel considerava que, para recristianizar a França depois da Revolução, deveria começar pela educação das crianças. Assim, fundou em Bétharram, em 1837, uma escola primária, onde aplicava os ensinamentos da Igreja ao mesmo tempo em que alfabetizava e instruía os pequenos.

São Miguel de Garicoits faleceu em 14 de maio de 1863, sendo esse o dia de sua celebração no calendário litúrgico. 




Outras Datas Comemorativas

31
Março - Dia de São Benjamin
22
Setembro - Início da Primavera
22
Março - Dia Mundial da Água
1
Fevereiro - Dia de Santa Veridiana
15
Dezembro - Dia de Santa Cristiana
13
Abril - Dia dos Jovens
8
Setembro - Dia de Santo Adriano
27
Setembro - Dia do Encanador

Política Privacidade

CalendárioBr 2019 - todos os direitos reservados


X

Receba grátis semanalmente em seu e-mail um resumo com as datas mais importantes. CalendárioBr, cadastre-se!


Agora não, obrigado!