Calendário 2020



Dia de São Luis Gonzaga próximos anos




21
Junho de 2018 ( Quinta-feira ) - Dia de São Luis Gonzaga
21
Junho de 2019 ( Sexta-feira ) - Dia de São Luis Gonzaga
21
Junho de 2020 ( Domingo ) - Dia de São Luis Gonzaga
21
Junho de 2021 ( Segunda-feira ) - Dia de São Luis Gonzaga
21
Junho de 2022 ( Terça-feira ) - Dia de São Luis Gonzaga

O Dia de São Luís Gonzaga é comemorado no dia 21 de junho, padroeiro da juventude, por sua obstinação e persistência em perseguir o ideal de santidade, desde a infância. É, também considerado o intercessor pelos doentes.

Origem da data comemorativa de São Luís Gonzaga

Luís abandonou o exército e a vontade do pai aos 7 anos para seguir os passos da religiosidade, ao qual sempre foi influenciado pela mãe de forma mais intensa. Aos 9 anos, consagrou sua vida à Virgem Maria, por quem nutria grande amor e devoção, fazendo voto de castidade perpétua, sem o conhecimento de seus pais. Aos 17 anos, diante de sua família, Luís renunciou aos direitos de primogênito, aos bens e aos títulos em favor de seu irmão.

Luís foi crescendo em idade e sabedoria ligada à devoção religiosa, tornando-se um homem muito admirado, principalmente por jovens devido sua idade. No ano de 1590, foi para Roma a fim de completar seus estudos em teologia, o mesmo ano em que a cidade foi assolada por uma epidemia de peste. Luís cuidou de vários doentes e, na ocasião, contraiu a doença, vindo a falecer aos 23 anos de idade, no dia 21 de Junho de 1591, data em que se passou a comemorar seu dia em nome de sua pureza e bondade.

História de São Luís Gonzaga

Considerado santo padroeiro da juventude e dos estudantes, São Luís Gonzaga nasceu no dia 09 de Março ano de 1568 na Corte de Castiglione, na Lombardia, Itália. Era o primogênito de Ferrante Gonzaga, que ocupava um lugar de destaque, como marquês de Castiglione, e de Marta Tana Santena, dama de honra da rainha. 

O parto de Luís Gonzaga oferecia riscos de vida a ele e a sua mãe que, por aspiração divina fez uma promessa à Nossa Senhora de Loreto, de consagrar seu filho e de levá-lo até seu santuário se ambos se recuperassem. O menino nasceu sem complicações e lhe foi dado o nome de Luís de Gonzaga.

Luís, recebeu formação cristã através de sua mãe, ao contrário de seu pai que o motivava a ser príncipe, por lhe ser de direito à sucessão do feudo. Desde a infância, Luís interessava-se em ouvir falar de Deus, herdando a misericórdia e virtudes cristãs de sua mãe, e do pai o espírito determinado dos militares, tendo recebido como presente de seu pai, aos 5 anos de idade, uma pequena armadura de verdade, levado para o acampamento e para revista das tropas. Durante os meses que passou na convivência das tropas, Luís aprendeu gestos e palavrões usados pelos soldados, sem saber o que significavam. Foi então, que ao retornar a Castiglione foi repreendido por seu tutor por aquelas palavras não serem de linguagem de “lábios limpos e puros”. Luís muito se envergonhou e se comoveu por tal, e durante toda a sua vida dizia que aquele episódio marcou a sua conversão. 





Política Privacidade

CalendárioBr 2019 - todos os direitos reservados


X

Receba grátis semanalmente em seu e-mail um resumo com as datas mais importantes. CalendárioBr, cadastre-se!


Agora não, obrigado!