Calendário 2020



Dia de São Ludgero próximos anos




26
Março de 2018 ( Segunda-feira ) - Dia de São Ludgero
26
Março de 2019 ( Terça-feira ) - Dia de São Ludgero
26
Março de 2020 ( Quinta-feira ) - Dia de São Ludgero
26
Março de 2021 ( Sexta-feira ) - Dia de São Ludgero
26
Março de 2022 ( Sábado ) - Dia de São Ludgero

O Dia de São Ludgero é comemorado no dia 26 de março pela Igreja Católica. O santo, que viveu entre os séculos VIII e IX, foi missionário entre os frísios e os saxões, vivendo na região de Vestfália, na atual Alemanha.

A vida de São Ludgero

Ludgero nasceu em Zuilen, próximo a Utrecht, provavelmente em 742, e morreu em Billerbeck, no dia 26 de março de 809. Seus pais, Thiadgrim e Liafburg, eram frísios, de família nobre e rica, e cristãos. Teve como irmãos Gerburgis e Hildegrin, que também foram canonizados após a morte.

Na sua adolescência, por volta dos 11 anos, Ludgero encontrou-se com o grande evangelizador da Alemanha, São Bonifácio, cujo martírio lhe causou profunda impressão. Tocado em sua espiritualidade, pediu aos pais que fosse encaminhado para a Escola da Catedral de Utrecht, em Martinsstift, que havia sido fundada por São Gregório de Ultrech anos antes.

Gregório havia sido agraciado para receber a consagração episcopal, mas não aceitava a honraria. Enviou, então, Alubert, que havia chegado da Inglaterra para lhe prestar auxílio no trabalho missionário. Alubert tinha como missão ir a York, onde seria consagrado bispo e Ludgero o acompanhou, para ser ordenado diácono.

Durante um ano Ludgero permaneceu estudando em York, sob os cuidados de Alcuíno e de Etelberto, bispo dessa diocese, retornando a Utrecht.

Depois de algum tempo, nova oportunidade lhe foi concedida para continuar seus estudos na mesma escola, época em que desenvolveu sua amizade com Alcuíno (também canonizado após a morte), uma amizade que durou pelo resto de suas vidas.

No ano de 772 começaram a ocorrer atritos entre os anglo-saxões e os frísios e Ludgero, para se proteger, abandonou a casa onde morava, levando consigo diversos livros. Foi para Martinsstift, onde permaneceu até a morte de Gregório, em 775, em memória de quem escreveu a biografia do mestre, “Vita Gregorii”.

Depois da morte de Gregório foi encaminhado para Deventer, com o objetivo de reconstruir a capela danificada pelos saxões pagãos e para buscar as relíquias de Lebuíno, que havia trabalhado na capela como missionário, onde morreu e foi enterrado em 775.

Ludgero, após cumprir com sua missão, retornou para dar aulas em Martinsstift.

No ano de 777, em 7 de julho, Ludgero foi ordenado na cidade de Colônia, onde ficava durante alguns meses para dar continuidade às missões de evangelização, sempre retornando, durante o outro, a Utrecht para continuar suas aulas na escola da catedral. Levou essa vida por sete anos, até que, em 784, o governante Viduquind convenceu os frísios a expulsar os missionários, queimar e destruir as igrejas e fazer com que a população voltasse a adorar os deuses pagãos.

Ludgero se viu obrigado a fugir com seus discípulos, retornando definitivamente a Utrecht. Anos depois, em 785, visitou Roma, onde o Papa Adriano I lhe deu muitos conselhos e lhe concedeu poderes especiais para continuar com sua missão de evangelização.

Saindo de Roma, seguiu para a Abadia de Monte Cassino, onde passou algum tempo vivendo de acordo com as regras de São Bento, embora não tenha feito seus votos.

Em 787 houve a submissão de Viduquind e, com a chegada do imperador Carlos Magno em Monte Cassino, Ludgero deixou seu retiro de meditação e oração, sendo indicado como missionário para evangelizar cinco distritos a leste do rio Lauwers, ao redor do estuário dos rios Hunze, Fivel e Ems, uma região que era ocupada totalmente por pagãos.

Com sua energia característica e imbuído de sua fé, Ludgero começou seu longo trabalho, contando com a vantagem de já conhecer o idioma e o hábito das pessoas e usando de seu conhecimento para conseguir a conversão dos pagãos.

Ludgero foi fundador da Abadia de Werder e se tornou o primeiro bispo de Munster, na Vestfália.




Outras Datas Comemorativas

26
Dezembro - Dia de Santo Estêvão
13
Julho - Dia do Cantor
18
Dezembro - Dia de São Graciano
16
Maio - Dia do Gari
21
Dezembro - Dia do Atleta

Política Privacidade

CalendárioBr 2019 - todos os direitos reservados


X

Receba grátis semanalmente em seu e-mail um resumo com as datas mais importantes. CalendárioBr, cadastre-se!


Agora não, obrigado!