Calendário 2020



Dia de São Fidelis de Sigmaringa próximos anos




24
Abril de 2018 ( Terça-feira ) - Dia de São Fidelis de Sigmaringa
24
Abril de 2019 ( Quarta-feira ) - Dia de São Fidelis de Sigmaringa
24
Abril de 2020 ( Sexta-feira ) - Dia de São Fidelis de Sigmaringa
24
Abril de 2021 ( Sábado ) - Dia de São Fidelis de Sigmaringa
24
Abril de 2022 ( Domingo ) - Dia de São Fidelis de Sigmaringa

O Dia de São Fidelis de Sigmaringa é comemorado no dia 24 de abril.

São Fidelis de Sigmaringa foi um frade da Ordem dos Frades Menores Capuchinos e jurista, considerado mártir da Igreja Católica durante a Guerra dos Trinta Anos na Europa do século XVII. Seu dia no calendário litúrgico da Igreja Católica é comemorado em 24 de abril.

A vida de São Fidelis de Sigmaringa

Fidelis nasceu em 1° de outubro de 1578, em Sigmaringa, cidade alemã localizada na região de Baden-Wurttemberg, tendo sido batizado como Markus Rey, havendo fontes que indicam também Markus Roy ou Mark Roy.

Era filho de Johannes Rey, estalajadeiro que, mais tarde, se tornou presidente da Câmara de Sigmaringa, e de Genoveva Rosenberger, oriunda de Tubinga. A família de Fidelis era originária da Antuérpia, fixando-se em Sigmaringa em 1529 como parte da comitiva do Conde Carlos I de Hohenzollern quando este tomou posse do Condado de Zollern.

A família conseguiu comprar propriedades e se tornar importante na cidade, ganhando prestígio por viver de acordo com as normas da aristocracia urbana, o que explica a eleição de seu pai para o cargo de Burgermeister, ou Burgomestre.

Fidelis, depois de terminados os estudos preparatórios em sua cidade natal, matriculou-se na Universidade de Friburgo, na atual Suíça, estudando Filosofia, Direito Civil e Canônico, formando-se em Direito no ano de 1604.

Depois de formado, deu início à carreira de advogado em Colmar, na Alsácia, onde exerceu a profissão durante alguns anos. Como era católico fervoroso, sempre assumia a defesa dos necessitados, de forma gratuita, o que o tornou conhecido por seu espírito de caridade.

Com 35 anos, tornou-se frade capuchinho em Friburgo, mesma cidade onde se formou em Direito, adotando o nome religioso de Fidelis (fiel, em latim), impondo-se a si mesmo viver uma vida de obediência, pobreza e humildade, com espírito de penitência, austeridade e de sacrificada renúncia.

Sua ordenação como presbítero ocorreu em 1612, tornando-se então um pregador de grande fama. Foi enviado para a Suíça quando eclodiram as lutas religiosas consequências da Reforma Protestante e da expansão do calvinismo.

Nessa ocasião foi eleito guardião do convento capuchinho de Weltkirchen, em Feldkirch, atual Áustria, onde lutou contra o calvinismo, entregando-se ao apostolado cristão, procurando amenizar os momentos particularmente difíceis para a Igreja Católica naquela região europeia.

Em razão da expansão do calvinismo na região dos Grisões, leste da Suíça, Fidelis foi enviado pela Congregação para a Doutrina da Fé, juntamente com outros frades auxiliares, com a missão de combater a heresia calvinista que assolava a região, fato que fazia a Igreja perder milhares de fieis.

A Guerra dos Trinta Anos, como ficou conhecida na história, apresentou uma grande disputa entre católicos e calvinistas, degenerando numa sangrenta guerra civil, num confronto entre as posições dos Valões e do Imperador da Áustria. Fidelis, como enviado da Igreja Católica com a missão de lutar contra o calvinismo, acabou por atrair a ira das autoridades calvinistas.

Depois de vários incidentes, inclusive tendo sido interrompido com tiros de bacamarte numa de suas pregações em Seewis, Fidelis foi agredido fora da igreja onde estava pregando, tendo sido ferido de morte e, em seguida, o corpo esquartejado.

Sua morte causou forte impressão inclusive entre seus mais acirrados inimigos e contribuiu para a pacificação na região. Fidelis passou, então, a ser considerado mártir do catolicismo, sendo sua figura venerada entre os opositores do calvinismo.

Fidelis foi canonizado pelo Papa Bento XIV, em 19 de junho de 1746 e é considerado o protomártir da Sagrada Congregação da Propaganda da Fé da Igreja Católica.





Política Privacidade

CalendárioBr 2019 - todos os direitos reservados


X

Receba grátis semanalmente em seu e-mail um resumo com as datas mais importantes. CalendárioBr, cadastre-se!


Agora não, obrigado!