Calendário 2020



Dia de São Felix de Nola próximos anos




14
Janeiro de 2018 ( Domingo ) - Dia de São Felix de Nola
14
Janeiro de 2019 ( Segunda-feira ) - Dia de São Felix de Nola
14
Janeiro de 2020 ( Terça-feira ) - Dia de São Felix de Nola
14
Janeiro de 2021 ( Quinta-feira ) - Dia de São Felix de Nola
14
Janeiro de 2022 ( Sexta-feira ) - Dia de São Felix de Nola

O Dia de São Felix de Nola é comemorado no dia 14 de janeiro em homenagem ao homem que sempre preferiu a simplicidade à qualquer luxo, que tirava de si para doar aos necessitados.

Félix nasceu na Síria. Era filho de um soldado e perdeu o pai ainda jovem, motivo que o levou a vender todos os bens e partir em busca do seu desejo de seguir a vida religiosa.

Sua trajetória até chegar ao bispado foi cercada por perseguições, prisões e torturas, pois o Imperador Décius, regente daquela época, não aceitava de forma alguma a fé dos cristãos em um único Deus.

Pouco sabemos sobre sua infância, mas um fato é certo, Félix tinha vocação e um grande coração bondoso, persistiu heroicamente às injúrias e as provações exigidas para um religioso daquela época.

São Félix sempre foi um grande amigo

Assim que Félix vendeu os bens e começou a pregar o evangelho, precisou fugir. Durante a fuga conheceu Maximus, que era bispo de Nola.

Ambos esconderam-se nas montanhas, mas Félix foi capturado e encarcerado. Na prisão, foi jogado sobre vidros espedaçados, passou fome, sede e frio.

A história fala que foi um Anjo que intercedeu para que Félix fosse libertado, motivo justo, pois precisava cuidar do bispo doente.

E quando o encontrou, o primeiro milagre concedido a Félix, foi a surgimento de uvas, após sua fervorosa oração para que o bispo retomasse a consciência.

Também a história ilustra que Félix era tão abençoado por Deus, que mesmo escondido com seu amigo, as revistas dos soldados não conseguiam encontrá-los.

A ordenação de Félix de Nola

Com a morte do bispo Maximus, Félix foi congratulado com o título de bispo de Nola. Sua singularidade era inconfundível, pois vivia em extrema pobreza e assim permaneceu mesmo com o status que o título lhe conferia.

Como bispo, São Félix atuou veementemente para:

· Propagar o cristianismo por toda Nola e arredores;

· Ensinar valores extremos em importância para a humanidade, que incluía: humildade, generosidade, paciência e penitência.

· Fornecer alimento aos pobres e necessitados;

· Curar doentes.

Quando o Imperador Délcius faleceu, as perseguições cessaram, e Félix seguiu persistente no seu propósito de Evangelização.

A vida que se encerra para São Félix de Nola

Sempre vivendo na simplicidade, Félix partiu para se encontrar com Deus, em 14 de Janeiro de 255.

Seus últimos anos de vida foram dedicados aos cuidados com uma pequena lavoura, onde colhia suas plantações e entregava tudo aos pobres.

Justamente, a lápide em homenagem a São Félix de Nola é visitada até os dias de hoje, onde seus devotos pedem sua interferência para curar doenças diversas.

Também muitos milagres são atribuídos a São Félix de Nola, mas existia uma peculiaridade em seu dom de identificar possíveis mentiras ou informações distorcidas sobre pessoas ou fatos.

Também há relatos que de seu corpo escorria um líquido curativo, indicado para:

· Aliviar e curar doenças específicas dos olhos.

O legado da bondade e do não materialismo

Félix de Nola, apesar de ter direito a muitos privilégios em função do bispado, abdicou de tudo.

Além disso, muitos outros Santos, como Santo Agostinho teceram suas homenagens e reconhecimentos pelas grandes virtudes de São Félix de Nola.

São Félix de Nola é considerado Santo confessor da Igreja Católica, também recebeu o título de mártir, pois jamais menosprezou ou renegou seu amor por Jesus Cristo, mesmo correndo risco de vida.

São Félix de Nola, célebre confessor, digno de respeito e benevolente homenagem em 14 de janeiro. 





Política Privacidade

CalendárioBr 2019 - todos os direitos reservados


X

Receba grátis semanalmente em seu e-mail um resumo com as datas mais importantes. CalendárioBr, cadastre-se!


Agora não, obrigado!