Calendário 2020



Dia de Santo Teófilo próximos anos




5
Março de 2018 ( Segunda-feira ) - Dia de Santo Teófilo
5
Março de 2019 ( Terça-feira ) - Dia de Santo Teófilo
5
Março de 2020 ( Quinta-feira ) - Dia de Santo Teófilo
5
Março de 2021 ( Sexta-feira ) - Dia de Santo Teófilo
5
Março de 2022 ( Sábado ) - Dia de Santo Teófilo

O Dia de Santo Teófilo é comemorado no dia 5 de março em homenagem ao bispo da Cesareia que dedicou toda a sua vida para a Igreja Católica.

Assim como vários outros santos, nós não temos muitas informações a respeito do seu nascimento e a respeito de toda a sua vida até a sua entrada na igreja. O que sabemos é que sua história “só tem início” quando Teófilo já era bispo da sua região (Cesareia), localizada na Palestina.

Todas as informações que temos a respeito da vida de Teófilo foi passada através anos após a sua morte por outro bispo da sua mesma região. De acordo com Eusébio (o bispo responsável pelos relatos dessa história), Teófilo foi um dos mais importantes e mais influentes bispos dessa diocese localizada na Palestina.

Uma das maiores contribuições de Teófilo à Igreja Católica foi o seu profundo estudo para poder determinar uma data para a comemoração da Ressurreição do Senhor. Naquele período, existiam várias religiões e muitas outras comemorações, e o maior desafio era encontrar uma data que não causasse nenhum tipo de confusão em relação às outras festas religiosas.

No seu tempo de vida, Teófilo possuía muita autoridade por ter sido um homem que viveu no mesmo tempo que os primeiros Apóstolos de Cristo. Por essa razão, todas as datas corretas foram passadas para ele, as quais mais tarde seriam passadas para as outras dioceses do mundo.

Em especial, naquela época a Páscoa era comemorada por todas as igrejas orientais na mesma data em que os judeus a comemoravam. Essa data costumava variar e normalmente a Páscoa era comemorada no primeiro dia de lua cheia do mês de março. Quando este dia chegasse, todos imolavam cordeiros para fazer um tributo para Deus.

No entanto, essa vaga “data” que era estipulada não era muito bem aceita pela Igreja Católica. O catolicismo gostaria que a Páscoa fosse comemorada apenas como a Ressurreição do Senhor, sem a necessidade de todo o “ritual” que era feito na ocasião. 

Dessa forma, em um sínodo convocado pelo Papa Vitor I, vários bispos e clérigos do mundo todo foram convocados para a Palestina para que fosse debatida essa importante questão a respeito do dia e da comemoração da páscoa.

Após um longo debate e após todas as explicações que foram dadas, a posição de Teófilo foi aceita e a partir daquele momento a data foi oficializada pela igreja em um documento chamado carta sinodal.

Essa carta foi enviada para todas as dioceses do mundo e sua função era de avisar a nova data estipulada para a páscoa, assim como todos os detalhes a respeito da mudança que foi feita e também a respeito da maneira de como o dia da Ressureição do Senhor deveria ser comemorado.

Após esse acontecimento, a data se tornou uma data padrão para todas as igrejas católicas do mundo – resolvendo-se o antigo problema e questão que há muitos anos atormentava a todos da igreja.

Desde esses acontecimentos, a Páscoa não foi mais alterada, e Teófilo voltou a viver em sua região se atentando para a sua devoção em Cristo e na igreja de Roma.

Todos reconheciam Teófilo como um grande bispo, seus conselhos eram importantes e sua autoridade eclesiástica era inconfundível. Após a sua morte, não sabemos exatamente como foi a sua canonização, mas sabemos que sua festa é feita no mesmo dia de sua morte, no dia 5 de março.





Política Privacidade

CalendárioBr 2019 - todos os direitos reservados


X

Receba grátis semanalmente em seu e-mail um resumo com as datas mais importantes. CalendárioBr, cadastre-se!


Agora não, obrigado!