Calendário 2020



Dia de São Ildefonso próximos anos




23
Janeiro de 2018 ( Terça-feira ) - Dia de São Ildefonso
23
Janeiro de 2019 ( Quarta-feira ) - Dia de São Ildefonso
23
Janeiro de 2020 ( Quinta-feira ) - Dia de São Ildefonso
23
Janeiro de 2021 ( Sábado ) - Dia de São Ildefonso
23
Janeiro de 2022 ( Domingo ) - Dia de São Ildefonso

O Dia de São Ildefonso é comemorado no dia 23 de janeiro.

Ildefonso de Toledo é considerado um santo da Igreja Católica, tendo vivido entre os anos de 607 e 657 (século VII da era cristã), tendo se tornado arcebispo da famosa cidade espanhola de Toledo. Seu nome, em latim, era Hildefonsus, nome que deu origem a Afonso, tanto no idioma espanhol quanto no português.

A vida de Santo Ildefonso

Não há registros escritos sobre sua ascendência na história, embora se considere, pela tradição, que tenha pertencido à real família visigótica. O santo, em determinado momento da vida, desfez-se de todos os seus bens para construir um mosteiro feminino, onde eram abrigadas jovens interessadas em servir a Deus.

Mais tarde, Ildefonso também se tornou monge, sendo depois aclamado arcebispo de Toledo, sua cidade natal, uma posição que ocupou por 10 anos, na época sob o reinado de Rescenvinto, rei visigodo da Espanha.

Ildefonso, enquanto arcebispo, escreveu contra os hereges e defendeu com toda fé a doutrina da Imaculada Conceição, uma doutrina que, séculos depois, se tornou dogma oficial da Igreja Católica.

Sua devoção à Virgem Maria foi consequência dos ensinamentos dados por sua mãe, já que, segundo ela, teria sido pela intercessão de Nossa Senhora que Ildefonso nasceu. O culto mariano, portanto, era parte integrante de sua vida religiosa, que foi ponteada por aparições e por experiências ligadas à religiosidade e ao misticismo.

A data provável de seu nascimento foi 8 de dezembro de 607, nascido da família real que, séculos antes, havia resistido aos romanos que, vencidos, foram expulsos pelos visigodos. Seus estudos foram feitos em Sevilha, sendo seu tutor Santo Isidoro.

Contrariando os pais, fugiu para o mosteiro de São Damião, nos arredores de Toledo mas, depois, conseguiu aprovação paterna para se tornar monge, agregando-se a um mosteiro próximo à sua cidade natal.

Já era diácono quando, em virtude da morte dos pais, herdou grande fortuna, que foi utilizada para a construção do mosteiro para religiosas e para atender os pobres de Toledo. Seu trabalho ficou tão conhecido que, após a morte do abade de seu mosteiro, foi eleito como sucessor por unanimidade dos monges.

Ildefonso também foi o responsável pela unificação da liturgia católica espanhola, tendo presidido o IV Sínodo de Toledo, em 636, e, diante de sua sabedoria, quando faleceu Eugênio II, seu tio e bispo de Toledo, foi eleito para o cargo.

Segundo a história, Ildefonso chegou a fugir para não se tornar bispo, sendo convencido pelo rei, que o procurou pessoalmente. Depois disso, desempenhou sua função com reconhecida disciplina nos preceitos do cristianismo e exigia o mesmo de todos os seus comandados.

Foi como bispo que Ildefonso escreveu uma obra que se tornou famosa, atacando os hereges que negavam a virgindade da mãe de Jesus, sustentando que Maria foi virgem antes, durante e depois do parto. Com seus livros exegéticos, litúrgicos, dogmáticos e monásticos, exerceu grande influência entre os católicos na Alta Idade Média.

Ildefonso passou por diversas experiências religiosas, recebendo diversas aparições, como a Virgem Maria rodeada por anjos e entoando hinos religiosos. Uma de suas visões foi a visita de Santa Leocádia, no dia 9 de dezembro, data em que a santa é comemorada. O bispo tentava localizar as relíquias de Leocádia e ela lhe teria indicado o local exato onde seu corpo estava sepultado.

Ildefonso de Toledo faleceu com 60 anos, em 23 de janeiro de 667, tendo seu corpo sido sepultado na igreja de Santa Leocádia e, posteriormente, transferidos para Zamora, onde se encontram atualmente na Igreja de São Pedro e Santo Ildefonso.

O santo recebeu o título de doutor da Igreja, sendo considerado como o último Padre do Ocidente, título que é concedido aos chamados grandes homens do catolicismo que, entre os séculos II e IV, foram considerados como líderes no Oriente e no Ocidente, já que foram os que firmaram os conceitos da fé cristã, enfrentando heresias com seu conhecimento, carisma e iluminação. Os Pais da Igreja foram os responsáveis pela fixação dos ritos e tradições da Igreja Católica.

A Espanha é grande devota de Santo Ildefonso, sendo famosas as Fiestas de San Ildefonso y La Virgen de La Paz, em Almagro, Ciudad Real, na Espanha, além de haver ainda hoje a “Real, My Antigua e Ilustre Confraria de Caballeros Cubicularios de San Ildefonso y San Atilano”, em Zamora.

A sua festa litúrgica de Santo Ildefonso é celebrada no dia 23 de janeiro. 





Política Privacidade

CalendárioBr 2019 - todos os direitos reservados


X

Receba grátis semanalmente em seu e-mail um resumo com as datas mais importantes. CalendárioBr, cadastre-se!


Agora não, obrigado!