Calendário 2019



Dia de Santo Eugênio de Mazemod próximos anos




21
Maio de 2017 ( Domingo ) - Dia de Santo Eugênio de Mazemod
21
Maio de 2018 ( Segunda-feira ) - Dia de Santo Eugênio de Mazemod
21
Maio de 2019 ( Terça-feira ) - Dia de Santo Eugênio de Mazemod
21
Maio de 2020 ( Quinta-feira ) - Dia de Santo Eugênio de Mazemod
21
Maio de 2021 ( Sexta-feira ) - Dia de Santo Eugênio de Mazemod

O Dia de Santo Eugênio de Mazemod é comemorado no dia 21 de maio.

Santo Eugênio de Mazemod foi o fundador da Sociedade dos Missionários de Provença, entidade que depois teve seu nome mudado para Oblatos de Maria Imaculada. Seu dia no calendário litúrgico da Igreja Católica é comemorado em 21 de maio.

A vida de Santo Eugênio de Mazemod

Carlos José Eugênio de Mazemod nasceu na cidade de Aix-em-Provence, no sul da França, no dia 1° de agosto de 1782, filho de um nobre que presidia a Corte dos Condes de Provença e de uma descendente de família burguesa, também pertencente à classe mais rica e nobre da cidade. Eugênio tinha duas irmãs, Antonieta e Elisabete, esta falecida com a idade de 5 anos.

A infância de Eugênio teve um decorrer tranquilo, com alguma demonstração de apresentar certa vocação religiosa. No ano de 1790, contudo, sua família precisou fugir da Revolução Francesa, deixando todos os bens na França e se refugiando na Itália.

Nesse novo país, a família viveu por onze anos, mudando-se de cidade para cidade, situação que provocou a separação de seus país. Sua mãe retornou à França, na tentativa de recuperar os bens da família confiscados e seu pai ficou na Itália, onde Eugênio também permaneceu.

A situação em que viveram e a separação dos pais provocou enorme influência na vida de Eugênio, levando-o a ter uma grave crise de identidade quando adolescente. Sua vocação religiosa foi sufocada pelas dificuldades, inclusive financeiras, e sua formação educacional precisou ser interrompida em razão da falta de uma residência fixa.

Mesmo passando por todas as adversidades, no entanto, Eugênio manteve seu caráter forte, uma marca que o acompanhou por toda sua vida.

Durante os anos de 1794 e 1797, Eugênio e seu pai se estabeleceram em Veneza, onde o rapaz teve um contato mais próximo com o que esperava de uma vida de fé. A aproximação com a religião teve a influência do Padre Bartolo Zinelli.

Com 20 anos, no ano de 1802, Eugênio e seu pai retornaram para a França, onde o jovem amadureceu sua vocação religiosa, retomando o antigo chamado da infância. Seis anos depois, em 1808, Eugênio finalmente ingressou no Seminário de São Suplício, em Paris e, após três anos de estudos, recebeu a ordenação sacerdotal em Amiens.

Já como padre, Eugênio de Mazemod retornou a sua cidade natal, Aix-em-Provence. Ali, dedicou-se ao apostolado e à pregação, procurando levar o Evangelho aos pobres camponeses, aos presidiários e aos enfermos abandonados pelas famílias.

Numa França que vivia sem rumo e que se encontrava desgastada pelo conflito provocado pela Revolução, Padre Eugênio de Mazemod encontrava nos ensinamentos da Igreja e nos sacramentos a única forma de reconstruir e manter os valores cristãos da sociedade.

Vendo seu ardor missionário e concordando que uma das poucas esperanças para a recuperação da França estava na fé e nos ensinamentos cristãos, outros padres da região começaram a se juntar a Eugênio, ajudando-o na pregação e na administração dos sacramentos.

Sentindo o apoio e percebendo a inspiração divina, Eugênio fundou em 1816 a Sociedade dos Missionários da Provença, instituição que recebeu todas as aprovações eclesiásticas e que, mais tarde, tomou o nome de Oblatos de Maria Imaculada.

Como resultado de sua competência para a vida sacerdotal e do seu ardor missionário, Padre Eugênio foi nomeado vigário-geral da Diocese de Marselha, a mais importante do Sul da França. Depois, foi sagrado bispo na mesma diocese, cargo que exerceu por um período de 37 anos.

Durante essa época, Dom Eugênio de Mazemod enfrentou e superou inúmeros problemas com autoridades civis e com a aristocracia, além de alguns religiosos que discordavam das regras de vida em comunidade que ele estabelecera.

No entanto, o povo o amava e respeitava e, em razão disso, Eugênio continuou a governar a diocese de Marselha e a Congregação dos Oblatos. Sua obra se desenvolveu e seus religiosos começaram a procurar outros locais para divulgar os ensinamentos e fazer pregações. Os sacerdotes oblatos foram para vários lugares da Europa, Estados Unidos, México e Canadá, chegando depois à África e à Ásia, levando o dom missionário da congregação.

Eugênio de Mazemod faleceu no dia 21 de maio de 1861, ainda exercendo as funções de bispo de Marselha. Depois de sua morte, muitas graças foram atribuídas à sua intercessão e, em razão disso, sua canonização foi celebrada em 1995, pelo Papa João Paulo II.

Nessa data, a Congregação dos Oblatos já estava em 68 países no mundo todo.




Outras Datas Comemorativas

13
Dezembro - Dia do Ótico
12
Maio - Dia de Santa Joana
19
Setembro - Dia do Comprador
19
Fevereiro - Dia de São Gabino

Política Privacidade

CalendárioBr 2018 - todos os direitos reservados


X

Receba grátis semanalmente em seu e-mail um resumo com as datas mais importantes. CalendárioBr, cadastre-se!


Agora não, obrigado!