Calendário 2020



Dia de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais próximos anos




8
Setembro de 2018 ( Sábado ) - Dia de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais
8
Setembro de 2019 ( Domingo ) - Dia de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais
8
Setembro de 2020 ( Terça-feira ) - Dia de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais
8
Setembro de 2021 ( Quarta-feira ) - Dia de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais
8
Setembro de 2022 ( Quinta-feira ) - Dia de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais

O Dia de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais é comemorado no dia 8 de setembro. É a Padroeira da Cidade de Curitiba e possui um Memorial em sua homenagem. Consta-se em história que na metade do século XVIII, havia pequenos povos localizados no sítio dos pinhais, que no ano de 1659 foi fundada a Vila de Nossa Senhora da Luz e seus peregrinos construíram uma pequena igreja em homenagem a Nossa Senhora da Luz. Notava-se que os olhos da Virgem sempre estavam voltados para os campos, que os índios chamavam de Curitiba, em tupi-guarani era Pinhais. Assim se tornou a Nossa Senhora da Luz dos Pinhais.

História de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais

A história de devoção a Nossa Senhora da Luz dos Pinhais surgiu através de uma provação vinda de tempos terríveis de escravidão. Pero Martins, um português muito pobre que vivia na Vila Carnide  era casado com Inês Anes, proprietária de um bom patrimônio. Era dedicado a agricultura no início do século XV. Mas as provações vieram e ninguém sabe ao certo como foi parar prisioneiro na África. Passou de trabalhador, dono de si, sustentado pela verdadeira religião católica e com todo carinho da família, para um miserável escravo trabalhando nas terras alheias sobre imenso sol. Seu trabalho era para alimentar sequestradores e com isso, sua vida sempre estava em perigo.

Não se sabe por quanto tempo Pero Martins viveu dessa forma, somente que tentaram pagar o resgate, mas a comunicação foi muito difícil e não conseguiram. Já no ano de 1463 ele se encontrava na mesma situação e até mesmo pensando em abandonar sua fé cristã em troca de sua liberdade. Pero decidiu que era ora de rezar para Maria Santíssima. E após sua oração, a Mãe de Jesus, apareceu por 30 dias consecutivos em seus sonhos prometendo sua liberdade e que estaria em Carnide na última noite de suas aparições. Somente pediu a Pero que quando chegasse a sua cidade natal, que pegasse uma imagem Sua escondida perto da fonte do Machado, onde esse local seria indicado por uma luz. E por último, Nossa Senhora, pediu que ele construísse uma pequena igreja rústica no lugar onde tivesse encontrado a imagem.

E como prometido por Nossa Senhora, no último dia da aparição em seus sonhos, Pero acorda em sua cidade natal sem acreditar e pulando de alegria. Foi correndo procurar a imagem de Nossa Senhora, mas foi fácil de saber onde ficava, pois havia relatos de uma luz misteriosa que aparecia nessa fonte do Machado. Pessoas vinham de outras partes para ver essa luz estranha que já havia se tornado um fenômeno sem explicação. Pero e seu primo Lopo Simões, foram a noite procurar pela imagem, de longe avistaram a luz misteriosa que começou a se movimentar na frente deles. Seguiam a luz até que pararam no meio de um matagal onde havia muitas pedras. Os dois primos removeram as pedras e lá estava a imagem que Nossa Senhora havia pedido em seus sonhos. Foi construída bem neste local, uma igreja pequena como havia sido descrito para Pero. E a devoção de Nossa Senhora da Luz nasceu deste acontecimento.

Nossa Senhora da Luz dos Pinhais e a Igreja

No ano de 1580 havia em São Paulo uma igreja dedicada a Nossa Senhora da Luz, que foi transferida para o atual bairro da Luz em 1603, onde também encontrava o Mosteiro onde está enterrado o bem-aventurado Frei Galvão. Havia um Santuário na cidade do Rio de Janeiro, do qual a imagem está hoje na Matriz do Alto da Boa Vista. Os devotos que frequentavam a Capela que existia perto do rio Atuba, atual Paraná, em 1650, perceberam que todas as manhãs, os olhos da imagem se voltavam para a região onde havia muitos pinheiros ou pinhais.

Ali haveria uma batalha entre índios selvagens e os habitantes que ali viviam, o motivo seria o terreno que estava em poder dos indígenas. Mas isso não aconteceu. Os habitantes foram acolhidos pelos índios, e eles concordaram em devolver o terreno que pertencia ao povo daquele lugar. O cacique enterrou sua vara em um local onde seria construído a praça central da cidade. Nesta praça, hoje Praça Tiradentes, foi levantada a Igreja em honra a Nossa Senhora da Luz dos Pinhais como ficou conhecida.

A imagem original da padroeira de Curitiba, confeccionada em terracota, não ficou na nova Catedral, e sim, permaneceu, até os dias de hoje, no Museu Paranaense. Há até um hospital com o nome de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais e uma estátua feita em gesso inaugurada em 08 de setembro de 1993, que ficou como o dia da padroeira, chamado Memorial a Nossa Senhora da Luz dos Pinhais que está na cidade de Curitiba, feita de bronze, mede 2,5m e pesa 650 quilos, está em cima de um pedestal cilíndrico de 10 m de altura. Esse molde de gesso de Nossa Senhora foi feita por uma artista plástica argentina moradora de Curitiba Maria Inês Di Bella e todo projeto em bronze fundido por Adalberto Baso. Essa é a quarta imagem existente na cidade.




Outras Datas Comemorativas

14
Fevereiro - Dia da Amizade
9
Novembro - Dia do Hoteleiro

Política Privacidade

CalendárioBr 2019 - todos os direitos reservados


X

Receba grátis semanalmente em seu e-mail um resumo com as datas mais importantes. CalendárioBr, cadastre-se!


Agora não, obrigado!