Calendário 2020



Dia de Beata Felipa Mareri próximos anos




16
Fevereiro de 2018 ( Sexta-feira ) - Dia de Beata Felipa Mareri
16
Fevereiro de 2019 ( Sábado ) - Dia de Beata Felipa Mareri
16
Fevereiro de 2020 ( Domingo ) - Dia de Beata Felipa Mareri
16
Fevereiro de 2021 ( Terça-feira ) - Dia de Beata Felipa Mareri
16
Fevereiro de 2022 ( Quarta-feira ) - Dia de Beata Felipa Mareri

O Dia de Beata Felipa Mareri é comemorado no dia 16 de fevereiro em homenagem à primeira religiosa da Segunda Ordem Franciscana.

Felipa nasceu em 1200, no pequeno povoado de São Pedro de Molito. Esse pequeno povoado ficava localizado em Nápoles, na Itália.

A família de Felipa fazia parte da nobreza italiana, e pouco se sabe sobre sua infância. O primeiro fato marcante de sua vida foi quando ela foi até Roma, para se encontrar com Francisco de Assis.

Chegando lá, Francisco conseguiu com a sua palavra fazer com que Felipa Mareri deixasse todas as suas riquezas a fim de se dedicar completamente ao Evangelho de Cristo e a palavra das escrituras sagradas.

Após a sua tomada de decisão, Felipa se manteve perto de Francisco de Assis e, inclusive, seguia todos os seus concelhos e o tinha como um orientador espiritual. Todo esse período foi pautado na sua vontade de transformação para uma vida sagrada. Nesse momento, Felipa estava determinada a seguir o seu coração e a sua fé, e já sabia que o seu caminho seria difícil.

Felipa não cedeu às pressões da sua família e dos seus parentes. Também deixou de lado todos os pretendentes que a queriam ter como esposa. Pouco tempo depois da sua tomada de decisão, ela percebeu que não haveria nenhuma outra saída a não ser fugir de casa (assim como tinha feito Clara de Assis – a fundadora do ramo feminino da ordem franciscana).

Fugindo sabendo da sua tomada de decisão, Felipa teve que se esconder com algumas companheiras religiosas em uma gruta perto das propriedades de sua família (atualmente essa gruta é conhecida como Gruta de Santa Felipa, essa gruta também fica localizada em Nápoles). E lá, permaneceu por algum tempo.

Durante o tempo que Felipa permaneceu nessa gruta, ela conseguiu aumentar o número de seguidoras com a sua missão espiritual. Na gruta, Felipa já instaurava uma espécie de doutrina que tinha como objetivo ajudar e atender as pessoas mais pobres e mais necessidades, em especial, as pessoas doentes.

O comando de Felipe era muito ordeiro, dedicado e sério. Todas as suas atividades lhe renderam ao longo dos anos uma incrível surpresa – seus dois irmãos voltariam para visita-la e também voltariam para lhe dar o Castelo de São Pedro de Molito – um castelo que estava localizado na sua cidade natal. Além do castelo, seus irmãos lhe deram as terras onde já estava construída uma pequena igreja.

Nos anos seguintes, Felipa se dirigiu para suas novas terras e instaurou uma nova ordem religiosa, a qual ela permaneceu dirigindo. Com o passar dos anos, essa nova ordem tinha como principal atividade louvar a Deus e passar o conhecimento e o estudo das escrituras sagradas.

Ao longo de toda a sua história, Felipa também se manteve firme no seu auxilio aos mais pobres. Medicamentos eram “fabricados” no castelo e também eram distribuídos aos pobres.

Em 16 de fevereiro de 1236, Felipa Mareri faleceu. Sua fama a perseguiu e ela se tornou um dos maiores ícones femininos a seguir com plenitude a doutrina cristã. Em 1247, Felipa Mareri foi beatificada e se tornou a primeira religiosa da segunda ordem Franciscana. 





Política Privacidade

CalendárioBr 2019 - todos os direitos reservados


X

Receba grátis semanalmente em seu e-mail um resumo com as datas mais importantes. CalendárioBr, cadastre-se!


Agora não, obrigado!