Calendário 2018



Dia da Beata Chiara Luce Badano próximos anos




29
Outubro de 2017 ( Domingo ) - Dia da Beata Chiara Luce Badano
29
Outubro de 2018 ( Segunda-feira ) - Dia da Beata Chiara Luce Badano
29
Outubro de 2019 ( Terça-feira ) - Dia da Beata Chiara Luce Badano
29
Outubro de 2020 ( Quinta-feira ) - Dia da Beata Chiara Luce Badano
29
Outubro de 2021 ( Sexta-feira ) - Dia da Beata Chiara Luce Badano

O Dia da Beata Chiara Luce Badano é comemorado no dia 29 de outubro.

A jovem Chiara Luce Badano, nasceu em 29 de outubro de 1971, na cidade de Sassello, Itália e faleceu em 07 de outubro de 1990 em Turim, Itália. Era uma menina bonita, esportista e tinha muitos amigos. No auge dos seus 17 anos, o médico a diagnosticou com um tumor ósseo e, a partir daí, sua vida foi entregue totalmente nas mãos de Deus. Sempre enfrentou seu dia a dia como se fosse o último, transmitia muita paz e serenidade, continuou com sua alegria mesmo diante do sofrimento que passada e sempre dizia essa frase: “Se é assim que queres Jesus, também eu quero”. Realmente Chiara foi um exemplo. Quando já não conseguia andar mais, dizia a seus amigos: “Eu já não posso correr, mas gostaria de vos passar a chama, como nas Olimpíadas”. Considerada pela Igreja Católica uma beata, é exemplo de vida para os jovens seguirem sua história.

História da Beata Chiara Luce Badano

 

Chiara Luce Badano era filha única de uma família simples e católica. Seus pais chamavam Maria Teresa e Ruggero Badano, tiveram Chiara após 11 anos de tentativas e consideram que foi uma graça alcançada de Nossa Senhora das Pedras e eles educaram sempre ela para que seguisse uma vida cristã. Quando completou 9 anos entrou como Gen (Geração Nova) no chamado Movimento dos Focolares. Já aos 13 anos fez parte do Gen 3, onde começou a ser muito criticada por amigos e até sacerdotes por suas escolhas e estilo de vida. Havia um amor e uma humanidade incrível dentro de si, amava a todos sem distinção. Era chamada de “freira” pelas crianças e isso a fazia sofrer muito.

Suas dores começaram a aparecer aos 17 anos, quando teve uma dor aguda em seu ombro esquerdo, e entre exames e operações, de nada adiantou, foi revelado uma osteossarcoma (tumor ósseo maligno) que a levou para um sofrimento de 2 anos pela frente. Chiara ao ouvir a revelação médica de seu diagnóstico nada fez, a não ser ficar ali de pé em silêncio e após 25 minutos falar somente um “sim” dizendo para a vontade de Deus em sua vida. Por isso sempre repetiu a frase “Se é assim que queres Jesus, também eu quero”. A partir daí começou a fazer exames e tratamentos sofridos, dolorosos, mas sempre com um sorriso no rosto e muito amor por Jesus. A sua dor era muito forte, mas não aceitava que lhe aplicassem morfina, para ficar lúcida, e oferecia todo seu sofrimento pelo amor a Igreja, aos jovens, ateus, pelas missões e pelo Movimento. Permanecendo sempre forte e calma dizia: “Não tenho mais nada sadio, contudo tenho o meu coração e com ele posso sempre amar”.

Os médicos que a tratavam no hospital ficavam sem saber como agir diante da paz que Chiara transbordava de si, até fazendo alguns católicos não praticante a querer uma reaproximação com Deus. O testemunho de vida que Chiara passava deixava até os céticos balançados, os adjetivos usados para descrever Chiara era sempre: fora do comum, extraordinário, incrível, serena, forte entre outros. Ela costumava chamar Jesus de “Esposo Jesus” e até queria um vestido de noiva para o seu funeral, semelhante a uma jovem que se encontra diante do matrimônio. Não ficava triste, não chorava, pois dizia sempre estar feliz. Dizia também a sua mãe: “quando quiser me encontrar, olhe para o céu, me encontrará numa estrelinha”.

As pessoas amigas que visitavam Chiara, iam com a ideia de consolá-la, mas eles que acabavam sendo consolados pela jovem. Apesar de a doença não permitir sua mobilidade, paralisou suas pernas deixando-as com contrações dolorosas, Chiara ficava por dentro de tudo, muito ativa, acompanhando o grupo de jovens por telefone, “Mundo Unido de Savona”, ela enviava cartazes, cartões para se sentir presente nos congressos que não poderia mais participar. Seguiu convidando todos os amigos para conhecer os Gens e as Gens. Era início do verão, e os médicos decidiram interromper o tratamento de Chiara, pois viram que só estava sofrendo as dores e não tinha efeito nenhum contra a doença. E assim, Chiara foi se preparando para o encontro com seu “Esposo Jesus” e sempre serena e alegre. As dores foram aumentando, e sem medo da morte disse as últimas palavras a sua mãe: “Tchau mamãe! Esteja feliz, porque eu estou feliz”. E como último gesto de amor em nome de Chiara, foram doadas as suas córneas a dois jovens.

A Beatificação de Chiara Luce Badano

O Bispo de Acqui, Dom Lívio Maritano foi quem deu entrada no processo de beatificação de Chiara, ele a conheceu pessoalmente e teve como motivo do pedido o seu testemunho que foi significativo sobretudo para os jovens. Para ela, é necessário santidade no dia-a-dia. Os jovens precisam ser ajudados a encontrar uma orientação, um objetivo de vida, a ultrapassar as inseguranças, a solidão, os seus enigmas perante os insucessos, o sofrimento, a morte, e todas as preocupações.

E assim, durou por longos 11 anos o processo. Na fase diocesana ficou de 11 de junho de 1999 e 21 de agosto de 2000, enquanto no Vaticano, foi entre 23 de agosto de 2000 a 8 de julho de 2008. E eis que a Serva de Deus Chiara, foi reconhecida por suas “virtudes heroicas” e o processo foi finalizado com a declaração de Venerável. O decreto pontifício foi proclamado em 10 de dezembro de 2009, dizendo sobre um milagre intercedido por Chiara Badano (como ficou conhecida): um rapaz de Trieste estava com uma doença grave em forma de Meningite Fulminante, com apenas 48 horas de vida dada pelos médicos, e teve sua saúde restaurada inexplicavelmente. E foi no dia 25 de setembro de 2010 que, Chiara Badano, foi proclamada Beata pela igreja. A cerimonia deste dia memorável teve a participação de milhares de pessoas de todas as partes do mundo. 




Outras Datas Comemorativas

5
Setembro - Dia do Irmão
23
Março - Dia de Santa Rafka
19
Maio - Dia do Físico
20
Julho - Dia do Amigo
20
Novembro - Dia do Biomédico

Política Privacidade

CalendárioBr 2018 - todos os direitos reservados


X

Receba grátis semanalmente em seu e-mail um resumo com as datas mais importantes. CalendárioBr, cadastre-se!


Agora não, obrigado!