Calendário 2017



Dia Mundial Contra a Cibercensura próximos anos




12
Março de 2016 ( Sábado ) - Dia Mundial Contra a Cibercensura
12
Março de 2017 ( Domingo ) - Dia Mundial Contra a Cibercensura
12
Março de 2018 ( Segunda-feira ) - Dia Mundial Contra a Cibercensura
12
Março de 2019 ( Terça-feira ) - Dia Mundial Contra a Cibercensura
12
Março de 2020 ( Quinta-feira ) - Dia Mundial Contra a Cibercensura


O dia 12 de março marca anualmente a comemoração do Dia Mundial contra a Cibercensura, através de iniciativa da ONG "Repórteres sem Fronteiras", e tem o objetivo de alertar o mundo para a manutenção de uma internet livre, sem restrições e acessível a todas as pessoas.

A censura na internet, que ocorre em alguns países do mundo, alertou os "Repórteres sem Fronteiras", que consideram a necessidade de todas as pessoas terem acesso a todo tipo de informação, podendo divulgar e receber livremente os dados que percorrem a rede.

Atualmente os cinco países que mais restringem o acesso à internet são, pela ordem, a China, a Síria, o Irã, Bahrein e Vietnã do Norte. Ainda constam da lista da ONG, na América Latina, Cuba e, mais recentemente, Venezuela; na África, Tunísia e Egito; na Ásia, Arábia Saudita, Síria, Turcomenistão, Uzbequistão e Birmânia.

Além dos países que mantém seus cidadãos em censura com relação à internet, alguns outros fazem parte do grupo que restringe o acesso à total informação, embora não o façam de forma declarada: a Eritréia, na África; a Turquia e a Tailândia, na Ásia; e a Ucrânia, na Europa.

Um fato que surpreendeu recentemente os Repórteres sem Fronteiras foi a Austrália estar entre os países que adotam medidas de restrição ao acesso à internet, neste caso para filtrar conteúdos contra a pornografia infantil.

Além de países, algumas empresas também constam das lista da cibercensura, como a Gamma e a Trovicor, da Alemanha; a Hacking Team, da Itália; a Amesys, da Fraça, e a Blue Coat, dos Estados Unidos, que colaboraram com os regimes censores, sempre totalitários, desenvolvendo ferramentas de informática que possa vigiar o acesso à internet.

Origem do Dia Mundial contra a Cibercensura

O Dia Mundial contra a Cibercensura é um dos programas desenvolvidos pela ONG Repórteres sem Fronteiras, fundada em 1985 na França, por Robert Ménard, Rony Brauman e Jean-Claude Guillebaud.

A data foi marcada pela primeira vez em 2009 e, embora seja somente um dia no ano para lembrar que todos têm o direito à informação, a luta da ONG é levada a sério durante o ano todo, informando e denunciando os países que ainda mantém o controle sobre os dados que podem ficar disponíveis às pessoas, uma medida radical para a manutenção do poder, seguindo a velha tradição de ditaduras, em que quando os indivíduos não possuem a informação não possuem recursos para lutar pela própria liberdade. 





CalendárioBr 2017 - todos os direitos reservados


X

Receba grátis semanalmente em seu e-mail um resumo com as datas mais importantes. CalendárioBr, cadastre-se!


Agora não, obrigado!